3.10.05

You gotta have Balls.

Alrighty. Back. Juro que dessa vez eu demorei nao porque eu estava me escondendo propositalmente como ja' aconteceu em incontaveis fases desse blog, mas porque a vida de repente deu um rush e o tempo voou. Faz o que, dois meses? Aconteceram coisas legais nessas ultimas semanas.

Fui pra Berlin. Obviamente me apaixonei pela cidade, como sempre acontece toda a vez que eu viajo pra uma cidade europeia. Da' vontade de aprender a lingua e ficar imaginando como seria a minha vida se eu morasse la'. Segundo o que eu vi, seria fantastica: os berlinenses sao tao laid-back, tao relax, de dar inveja em qualquer londrino metido a besta. Saem de jeans e tenis pra balada, leem o jornal no boteco a 1 da manha no domingo, andam de bike pra cima e pra baixo. E sao tao rodeados de historia que chega a ser opressivo pra quem nao esta' acostumado. Um dia vou morar la'.

Antes disso preciso morar em Amsterdam, em Paris, numa praia do sul da Franca e em Verona na Italia. E preciso emprestar algumas das 9 vidas do meu gato Nicholas pra dar tempo de fazer tudo isso.

Que mais... Depois consegui estagio no South London Press, um jornal local. Acho que aprendi mais sobre noticias e a rotina de um jornalista comum do que em todos esses anos estudando a profissao. Foi bom, publiquei coisas, fiz contatos, e questionei seriamente a minha escolha por essa carreira. Talvez eu nunca va' ser realmente feliz sendo uma journo, mas pelo menos essa profissao tem me ensinado licoes de vida que eu jamais aprenderia em outra... acho. Eu tenho mais balls, hoje em dia. Nossa, em comparacao com a menina que nao abria a boca por medo de parecer estupida, eu agora virei um des-bocada. Ta' certo que agora devo passar por estupida mais vezes do que nunca, mas pelo menos eu nao fico na duvida - e nem deixo os outros na duvida, obvio.

Ta'. Voltei a estudar Frances. Serio agora.

Ja' contei que eu sai' da academia? Resolvi comprar um saco de pancadas em vez disso, pra chegar em casa e descontar a ansiedade. Nada como dar umas porradas pra aliviar a tensao.

Ando fazendo amizades legais. Uma amiga nova me apresentou Jeff Buckley e me mostrou o que e' ser uma pessoa livre de verdade, em carne e osso, e so' por isso sou eternamente grata a ela. Ela vive o meu ideal de vida, ainda que em termos diferentes. Ela, sim, tem balls.

Volto pra universidade semana que vem.

Ah, e vou pro Brasil em dezembro, pra ficar uns 20 dias. Viajo no dia 25, propositalmente, pra deixar a data passar em branco. Ainda nao e' esse ano que eu faco as pazes com o Natal.

1 comment:

dani said...

que bom que você voltou a postar! estava sentindo falta!
parabéns pelo novo emprego!
Ahh e Jeff Buckley é maravilhoso mesmo. pena que morreu tão cedo...
beijo