5.7.05

Lost

As vezes me bate uma ansiedade quando eu me dou conta do tanto de coisa que acontece por essas bandas e eu nao consigo ir em quase nenhuma delas. Festivais, por exemplo. Ano entra, ano sai, e nada de eu ir em nenhum deles. Glastonbury passou com alagamento, Coldplay e tudo e eu perdi. Lembro ainda na minha epoca de teenager clubber quando eu sonhava em ir pro Homelands. Nossa, era uma coisa tao fora do alcance que eu imaginava que o dia que eu conseguisse ir eu poderia morrer feliz no outro dia. Line-ups gigantescos so' de mega-stars da musica eletronica. Agora, hoje em dia, acontece aqui do lado, e sinceramente, nao tenho a m-e-n-o-r vontade de ir. Aquela energia teen de passar horas e mais horas pulando ao som de batidas repetidas ja' nao tem o menor apelo pra mim. Se for pra se cansar, que seja por uma mega gig. Um U2 ou um Coldplay ou uma Madonna da vida. Ou todo mundo junto, de preferencia. Como no Live8, que aconteceu sabado passado, no centro da cidade onde eu moro. O maior show da Terra, os maiores artistas vivos tocando junto, e por uma causa historica. Agora, quem disse que eu consegui ir? Nao consegui entrar nem Hide Park, que estava todinho cercado e so' os corajosos que pularam a cerca conseguiram chegar pelo menos perto dos teloes. Eu, fui dar o meu suporte ao povo Africano checando as liquidacoes da Harrods, ali do lado. Ironico, mas a verdade e' em Londres voce tem que ter espirito competitivo. As melhores oportunidades do mundo estao aqui, mas aja persistencia pra brigar com os outros milhares de fominhas que tambem querem aproveitar essas oportunidades. E da-lhe acordar cedo pra ligar pra comprar ticket, reservar mesas/poltronas/lugares com meses de antecedencia, aja planejamento e olho no calendario. E se nao for na batalha, voce fica assim, que nem eu, evitando ler os jornais pra nao saber o que se acabou de perder. Um momento historico atras do outro.

+++

E falando em momento historico, outro que esta' acontecendo e' a reuniao do G8 ali em cima, na Escocia. Quarta-feira vai ter milhoes protestando em Gleneagles, pressionando os homens mais poderosos do mundo a fazer alguma coisa pra mudar o a situacao do planeta. Enquanto eu estava estudando pros exames, todos os aqueles assuntos sobre globalizacao, world trade, subsidios e o caralho, tava empolgadissima pra ir la', marchar e fazer minha voz ser ouvida. Um mes depois, e' so' eu entrar de ferias, e eu me rendo aos prazeres cheios de culpa do capitalismo. Shame on me.

+++

Dai' eu tenho momentos assim, de enlouquecer com fashion. De comprar todas as revistas pra saber qual o ultimo trend, o label do momento, a bargain de cair o queixo. Dou uma reformadinha no armario, e posso passar o resto do ano sem lembrar que fashion jamais virou um foco de atencao.

Mas equanto estou enfervecida, ai' vai: SKINNY JEANS e' tudo na vida. Quero 15 pares.

+++

Eu quase nunca falo de filmes ne? E eles sao tao importantes pra mim. Na ultima contagem, segundo a Delicious Library, o delicioso programinha da Apple que cataloga todos aqueles deliciosos items na sua estante, eram 110 dvds. Preciso dedicar mais meu tempo a eles. Enquanto posso.

1 comment:

cartolina said...

Ânimo garota!!!
(eu não queria comentar, mas... espero que vc esteja bem; depois dessa barbaridade q aconteceu por esses lados aí) Bjos